No inicio de sua historia o carnaval de rua em Salvador era composto basicamente de desfiles de entidades carnavalescas organizadas e voltadas para as classes média e alta, que saíam na Avenida Sete de setembro, em cima de carros alegóricos ou a cavalo, embalados pelo som das bandas da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e clubes de Fantoches, o povão fazia sua festa apenas nas periferias em blocos e batucadas.

A alegria popular da maior festa do mundo começou mesmo a partir de 1950, quando o mecânico Osmar Macêdo e o radiotécnico Adolfo Nascimento (o Dodô), resolvem intrometer o pomposo desfile do centro da cidade em um Ford 1929 sem capota e com dois alto-falantes, carinhosamente chamado de fobica, tocando o “pau elétrico” (instrumentos criado por eles para resolver um problema de microfonia), arrastando o povo no espaço que era reservado apenas para a elite, no ano seguinte o instrumentista Temístoles Aragão se uniu a dupla em cima de uma pick-up Chrysler agora com oito alto-falantes e motor para iluminação, nascia aí o “Trio elétrico” símbolo do maior carnaval do mundo.

O Carnaval Atual

Hoje o Carnaval de Salvador esta no Guiness Book como o maior carnaval do mundo e a maior festa popular do planeta, chegando 2.700.000 de foliões nas ruas da cidade durante seis dias de festa.

Dezenas Trios Elétricos levam cantores famosos pelas ruas dos bairros como Barra, Ondina e Campo Grande arrastando uma multidão de pessoas, tanto anônimas quanto artistas e personalidades, numa grande mistura cultural e de ritmos musicais, a ainda também preservação do carnaval tradicional no circuito do Centro Histórico e os carnavais de bairro, nesses lugares ainda prevalecem o espirito familiar da festa.

Documentário da TVE -Bahia

A matéria que conta a história do carnaval da Bahia, a invenção do Trio Elétrico e uma entrevista com o historiador Cid Teixeira.

Se você predente curtir o Carnaval de Salvador siga nossas dicas:

  • Compre sempre abadás e camarotes em estabelecimentos oficiais
  • Fique ligado no horário do seu bloco
  • Use roupas leves e confortáveis
  • Evite usar ou levar acessórios de valor
  • Leve dinheiro trocado para facilitar suas compras
  • Coloque pulseiras de identificação nas crianças (as pulseiras podem ser encontradas nos postos do Juizado de Menores)
  • Caso encontre alguma criança perdida, leve-a até um policial ou posto do Juizado de Menores
  • Beba bastante água e use protetor solar
  • Leve apenas um documento original com foto e a carteira do plano de saúde
  • Se perder algum documento procure a Policia Militar
  • Não compre latas amassadas ou garrafas plásticas com lacre violado
  • Evite comer produtos mal conservados
  • Se alguém passar mal ao seu lado chame um policial ou um bombeiro
  • Não faça xixi nas ruas. Use os banheiros químicos
  • Lave sempre as mãos e use o álcool gel
  • Para chegar nos circuitos oficiais ande pelas ruas Caminho da Folia, pois são vias mais iluminadas e policiadas
  • Beba com moderação
  • Se beber não dirija. Vá de táxi.
  • Use camisinha
  • Seja um agente da paz, haja sempre com cordialidade e simpatia

Mais informações sobre o Carnaval de Salvador.

Deixe o seu comentário: