Câmera especial mostra a circulação do sangue

Uma câmera  foi desenvolvido pela empresa Aimago, para ajudar a pacientes vitimas de queimaduras, o equipamento utiliza a técnica de laser Doppler e quando colocado sobre a pele é capaz de mostrar como o sangue está circulando no corpo. Com as informações capturadas em tempo real, os médicos podem analisar se um tecido queimado possui ou não circulação sanguínea.

Uma queimadura pode ter vários graus de profundidade, desde uma lesão superficial a espessura total da pele, quando o tecido queimado fica sem suprimento de sangue, acabará morrendo e precisará ser cirurgicamente removido, porém se a circulação sanguínea não for comprometida o tecido poderá ser capaz de se recuperar da lesão.

A câmera fica conectada a um braço flexível que é colocado sobre a área de pele queimada. Os médicos acompanham a intensidade da circulação sanguínea observando a variação das cores, mostradas em um monitor ligado ao dispositivo [vídeo abaixo].

O equipamento esta sendo testado por especialistas em queimaduras e cirurgia reconstrutiva do Hospital Universitário de Lausanne (CHUV), na Suíça, a princípio auxiliando os médicos com as vítimas de queimaduras, mas a câmera especial também poderá ser empregado em cirurgias reconstrutivas, determinando através de suas imagens a viabilidade de transferência de tecido epidérmico de uma parte para outra do corpo.

Graus das queimaduras:

As queimaduras são classificadas em quatro graus, conforme sua profundidade.

  • Queimadura de Primeiro Grau – queimadura superficial, atingindo apenas a primeira camada da pele – epiderme. Caracteriza-se por ser uma queimadura não exsudativa, dolorosa mas que regride em poucos dias. Como exemplo temos a queimadura solar.
  • Queimadura de Segundo Grau – queimadura mais profunda, causa bolhas (” FLICTENAS “) e é muito dolorosa, porque há a exposição das raízes nervosas que foram atingidas.
  • Queimadura de Terceiro Grau – queimadura esbranquiçada, tão profunda que atinge os músculos e ossos. Os tecidos ficam negros e sem vida,(“NECROSE”) não há dor porque as terminações nervosas responsáveis pela sensibilidade à dor foram também queimadas. Nas bordas de uma queimadura de terceiro grau haverá queimaduras de primeiro e segundo grau.
  • Queimadura de Quarto Grau– é o que denominamos de carbonização, onde há perda total da estrutura e da função morfológica.

Wikipédia

[via Muy Interesante]
Compartilhe Também:

Deixe seu comentário