Como montar diretórios manualmente no Linux

Os sistemas Linux mais novos geralmente fazem a montagem de partições sem a intervenção dos usuários, mas como toda regra tem sua exceção é sempre bom saber resolver pequenos imprevistos, como por exemplo abrir um pendrive ou disco externo no Linux que não foi reconhecido automaticamente, o sistema do pinguim oferece mais recursos que o próprio Windows para resolver essas situações.

No caso de discos externos ou pendrives, podemos verificar se os dispositivos estão sendo reconhecidos fisicamente pelo hardware do computador com o lsusb, um utilitário que mostrar informações sobre os barramentos USB no sistema e os dispositivos conectados a eles.

Para iniciar o procedimento precisamos definir um ponto de montagem. Para fazer isso você vai precisar ter privilégios administrativos, use o comando “sudo“. Vamos começar criando uma nova pasta dentro do diretório /media para deixar as coisas organizadas, o comando que você irá utilizar é:

sudo mkdir /media/meudisco

Em seguida, você precisa encontrar a partição do dispositivo, para fazer isso vamos usar:

sudo fdisk-l

Este comando vai mostrar a lista de partições do sistema. Se o disco veio de um sistema Windows, a partição provavelmente estará em FAT32 ou NTFS, no exemplo abaixo o HD externo esta ocupando o dispositivo /dev/sdc1.

Dependendo do tipo de partição, agora você vai usar o comando”mount” para montar o disco.

Para FAT32:

sudo mount -t vfat /dev/hdc1 /media/meudisco

Para NTFS você vai usar:

sudo mount -t ntfs /dev/hdc1 /media/meudisco

Agora você pode acessar o conteúdo do disco. Para conferir se ocorreu tudo bem, use o comando:

cd/mnt/newdisk
ls

Para montar um diretório remoto via linha de comando você vai precisar saber o IP do computador na rede e o nome do compartilhamento:

mount -t cifs //ip_do_servidor/diretorio /media/meudisco

Versões mais antigas do Samba utilizam o smbfs no lugar do cifs.

Compartilhe Também:

Deixe seu comentário