MEC vai distribuir tablets aos estudantes das escolas públicas

O Ministério da Educação (MEC) pretende começar distribuir tablets nas escolas públicas brasileiras a partir do 2012.

A informação foi divulgada na ultima quinta-feira (01/09) pelo próprio ministro da Educação, Fernando Haddad, na 15ª Bienal do Livro no Rio de Janeiro. Segundo Haddad, o objetivo é universalizar o acesso dos alunos à tecnologia, o edital de aquisição deve ser publicado até o final do ano.

“Nós estamos investindo em conteúdos digitais educacionais. O MEC investiu, só no último período, R$ 70 milhões em produção de conteúdos digitais. Temos portais importantes, como o Portal do Professor e o Portal Domínio Público. São 13 mil objetos educacionais digitais disponíveis, cobrindo quase toda a grade do ensino médio e boa parte do ensino fundamental.”

“Precisamos, agora, dar um salto, com os tablets. Mas temos que fazer isso de maneira a fortalecer a indústria, os autores, as editoras, para que não venhamos a sofrer um problema de sustentabilidade, com a questão da pirataria.”

“O MEC, neste ano, já publica o edital de tablets, com produção local, totalmente desonerado de impostos, com aval do Ministério da Fazenda. A ordem de grandeza do MEC é de centenas de milhares. Em 2012, já haverá uma escala razoável na distribuição de tablets.” Disse o Ministro.

Se o projeto não for apenas promessa politica, o MEC estará dando um passo importante para inclusão digital e acesso as novas tecnologia pela populações carente do país, a iniciativa ainda é tímida se compara da a países como a Coreia do Sul, que pretende substituir todos os livros didáticos por mídias digitais até 2014.

[via Diario de Petrópolis]
Compartilhe Também:

Deixe seu comentário