Ser popular no Facebook gera stress

Quanto mais amigos você tiver Facebook, mais provável que você se sinta estressado pela rede social, isso segundo um novo estudo feito por pesquisadores escoceses e psicólogos da Universidade de Edinburgh Napier.

Eles entrevistaram cerca de 200 alunos sobre o uso do serviço, e concluíram que, para um número significativo de usuários, os efeitos negativos superam os benefícios. Havia também um componente de pesquisa on-line, que atraiu 175 participantes (127 mulheres e 48 homens, com idade média de 30,4 anos), que constatou que:

12% dos entrevistados disseram que o Facebook faz sentir ansiedade, estes entrevistados tinham uma média de 117 amigos cada um. O restante 88%, disseram não sentir ansiedade por usar o Facebook, eles tinham uma média de 75 amigos cada um.
63% se atrasam para responder pedidos de amigos.
32% disseram que negar pedidos de amizades leva a sentimentos de culpa e desconforto.
10% admitiu não gostar de receber pedidos de amizade.

“Os resultados levantaram uma série de paradoxos”, disse Kathy Drª. Charles, que liderou o estudo. Por exemplo, embora haja grande pressão de estar no Facebook, há também a ambivalência considerável entre os usuários sobre seus benefícios.

Psicólogos dizem que aqueles que são mais dependentes da rede social podem desenvolver a chamada ansiedade do Facebook.
Os pesquisadores explicam que, para um número significativo de pessoas, os efeitos negativos de usar a rede social mais famosa do mundo superam os positivos, como estar em contato com família e com amigos.
Aqueles com mais amigos são os mais propensos a ficarem mais estressadas, porque eles têm investido mais tempo no site. Outras causas de tensão incluem contatos indesejados, a pressão para ser criativo e divertido, usando a etiqueta apropriada para os diferentes tipos de amigos, sentimentos de exclusão, paranóia, assim como a inveja do estilo de vida dos outros.

Drª. Charles observou que muitos estavam preocupados em deixar o Facebook por medo de falta de informação social importante ou ofender os contatos. Ela ainda comparou a rede social a um jogo: o serviço mantém os usuários em um limbo neurótico, sem saber se deve mantê-la apenas no caso de perder alguma coisa boa.

loading...


Compartilhe Também:

Deixe seu comentário