Telefone chinês mata jovem eletrocutado

Os produtos chineses são produzidos a imagem e semelhança das marcas famosas a um preço bem mais baixo, isso porque, as semelhanças terminam justamente na aparência, nós já fizemos a pergunta: Você compraria um carro chinês? Os testes revelaram que a qualidade precária dos materiais poderiam por em risco a vida dos ocupantes dos veículos, mas os carros não são o único produto perigoso vindo da china.

Os telefones falsificados (MPtudo) são muitas vezes a escolha de quem pretende sentir o gostinho de ter um celular de última geração a um preço mais acessível, essa era a intenção do jovem indiano Dhanji Damor (25), mas a economia acabou lhe custando a própria vida, Damor foi electrocutado enquanto tentava realizar uma chamada com o aparelho ligado ao carregador.

Apesar da história parecer inédita, em 2010, uma mulher também sofreu uma descarga eléctrica de um telefone Xing Ling e veio a óbito alguns dias depois.

Estes celulares são conhecidos por terem baixos padrões de segurança e diversos problemas nas baterias, porém chegam ao mercado sem passar pela avaliação dos órgãos responsáveis pelo controle de qualidade e segurança de produtos, fica o alerta aos nossos leitores.

Compartilhe Também:

Comentários(7)

Deixe seu comentário