Teste mostra que os bebês são feras em estatística

bebe  foto: (cc) flickr/ justj0000lieUm experimento científico descobriu que os bebês são capazes de compreender estatística e usa-lás ao seu próprio favor.
A prova reuniu crianças entre 12 e 14 meses de idade e mostrou que elas já possuem noção primarias de a probabilidade.

Na primeira etapa da experiência foi realizado um teste de gosto, nele as crianças receberam dois tipos diferentes de pirulitos, um preto e outro rosa, para saber qual sabor elas preferiam. Na medida em que a preferência era observada, as crianças passavam para um segundo teste.

Desta vez, foram mostrados as crianças dois frascos. Um deles tinha um monte de pirulitos preto e apenas alguns pirulitos rosa, no outro um monte de pirulitos rosa com apenas uns poucos pretos misturados dentro. Um cientista então pegava um doce de cada frasco sem deixar os pequenos verem qual era a cor, em seguida despejavam os pirulitos em novos frascos, ambos de cor opaca.

78% dos bebês escolheram os frascos onde havia a maior possibilidade de encontrar o pirulito com seu sabor predileto, isso provou que mesmo quando muito jovens, as crianças já possuem o discernimento de escolher dentro de um conjunto de possibilidades a opção que tenha a maior chance de sucesso. 

Essa capacidade de entender estatística até então não era atribuída a crianças tão jovens.
Quando se trata de crianças, um docinho sempre ajuda, né? 🙂

Fonte: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20712746

Compartilhe Também:

Comentários(3)

Deixe seu comentário