USB de 100 watts poderá energizar impressoras, monitores e carregar laptops

O USB Promoter Group 3.0, responsável pela especificação do USB 3.0, anunciou uma mudança que poderá permitir aumentar a energia liberada pelas portas USB, possibilitando a alimentação de dispositivos como monitores, impressoras e gadgets maiores através de conexões USB.

A nova porta vai fornecer até 100W de potência para os periféricos, justamente para permitir o uso de dispositivos que necessitam de mais energia, atualmente o USB entrega apenas 5W.

“Seria possível carregar a bateria ou até mesmo fornecer a energia necessária ao funcionamento de um notebook enquanto se estiver usando uma conexão de dados USB”, disse o presidente do grupo, Brad Saunders.

O novo padrão também possibilitará mudar a direção da carga sem ter que mudar os lados dos cabos. O plano é que a nova versão coexista com a especificação atual, em vez de substituí-la. Os detalhes ainda estão em desenvolvimento, espera-se ter uma ideia mais clara de como ele funcionará até o final do ano.

Tridente símbolo do USB

A historia do USB (Universal Serial Bus)

O USB foi concebido em meados da década de 1990 para substituir as várias portas  de computadores externas a época, lentas e inconsistentes. Versões diferentes do padrão foram desenvolvidas como e avanços tecnológicos:

  • 1996 – a primeira versão da norma, USB 1.0, é especificado por sete parceiros industriais (Compaq, DEC, IBM, Intel, Microsoft, NEC e Northern Telecom).
  • 1998 – a versão USB 1.1 veio corrigir problemas encontrados no padrão 1.0, velocidade de comunicação: 1,5 Mbps – 12 Mbps.
  • 2000 – na versão 2.0 os fabricantes poderiam adotar o padrão em seus produtos sem a obrigatoriedade de pagar uma licença de uso da tecnologia, velocidade de comunicação:  480 Mbit/s.
  • 2005 – o USB Wireless, uma versão sem fio do USB é especificada pelo USB Promoter Group.
  • 2008 – USB 3.0, velocidades de transferência de 4,8 Gigabits por segundo. Os novos dispositivos têm conexões com 8 contatos em vez de 4, mas mantendo a compatibilidade com versões anteriores. A introdução em escala comercial do USB 3 começou no início de 2010.

[Fonte]

Compartilhe Também:

Deixe seu comentário