Compartilhe com um Amigo:

 

A comida caiu ao chão? Regra dos cinco segundos é real
Foto: Richard Munckton/Flickr

Não existe nada melhor do que comer, fazer um lanchinho, pedir uma tele entrega da sua rede de fast food preferida ou então cozinhar se você já entende do assunto, sentar na frente da televisão para relaxar e de repente deixar tudo cair no chão.

Todo o caminho percorrido pela comida até atingir o chão parece passar em câmera lenta, quando o desastre acontece, você tem o reflexo de pegá-la do chão o mais rápido possível, pois depois de cinco segundos ela estará contaminada. Mas será que essa história é verdade mesmo?

A única crença mais comum do que as superstições são as religiões, em algumas vezes essas superstições chegam a ser exageradas e sem sentido biológico algum, como por exemplo passar por baixo de escadas, ver um gato preto ou pisar em rachaduras. Em alguns casos, como na regra dos cinco segundos, os cientistas ainda têm alguma chance de tentar descobrir se alguma realidade existe entre essas crenças populares.

Segundo um grupo de estudantes do curso de Biologia da Aston University realizou estudos onde concluiu que a regra dos cinco segundos é real! Para eles a passagem de tempo é um fator considerável para o alimento ser contaminado pelos milhões de bactérias presentes no chão.

Veja também

Os cientistas tremeram na cadeira!

Que nos desculpem o pessoal da Aston University, talvez seus estudos foram publicados de uma forma que mal interpretou os seus estudos dizendo que o tempo é um fator importante, mas caso as publicações na mídia estejam realmente replicando os seus resultados e dizendo que alguns segundos podem salvar a comida das bactérias, lamentamos informar que a universidade nunca será uma das melhores do Reino Unido.

Em primeiro lugar, o chão é um dos melhores lugares para as bactérias se alojarem, uma pesquisa da Universidade do Arizona concluiu que 93% dos nossos calçados tem uma grande quantidade de coliformes fecais (bactérias encontradas nas fezes), ou seja, morrer por ingerir algo do chão não seria algo impossível.

Em segundo lugar, devemos rever nossos conceitos sobre “tocar”. Para nós, tocar é entrar em contato com algo sem que exista nenhum espaço entre nossa mão (ou qualquer outra parte do corpo) e o objeto, esse já mais um mito. Em um nível subatômico, átomos não se encostam, pois seus elétrons se repelem, ou seja, um contato total, ou instantâneo entre o alimento e as bactérias seria fisicamente impossível.

Oba! Então a regra dos cinco segundos venceu!? Sim e não, porque de fato é necessário um certo tempo para que elas “grudem” no alimento ou em qualquer outra coisa, porém esse tempo é cerca de um femtossegundo, o que seria um quatrilhão de um segundo, ou seja, 1 segundo x 10 elevado na potência -15, o que é quase instantaneamente para a nossa percepção de tempo!

Renomeando o mito!

Concluindo, a regra dos cinco segundos é um mito unicamente por dizer que o alimento leva cinco segundos para ser contaminado ao ponto de poder fazer mal quando entra em contato com o chão, porém, se ela fosse a regra de um femtossegundo, aí tudo seria verdade.

Vale lembrar que normalmente comer algo que caiu no chão não te mataria em condições normais de vez em quando, porém, se você criar o habito de ficar sempre pegando coisas que caem chão pra comer e o local onde ele caiu está realmente sujo, aí você vai estar pedindo para ficar doente ou até morrer!

Mais para você:

Deixe o seu comentário:

Fechar Menu