em

Por que os eSports são considerados esportes?

Há algumas décadas atrás era impensável a ideia de considerar os eSports como uma disciplina desportiva. Os jogos de vídeo não eram vistos como uma atividade promissora, mas sim como uma perda de tempo.

Hoje a indústria dos esportes eletrônicos ou eSports é vista de uma perspectiva diferente, progressivamente se transformou em um esporte rentável, profissional e progressista. Mas por que são considerados esportes atualmente?

O surgimento dos videojogos e a possibilidade de jogar online abriram uma nova era digital que vislumbrou o crescimento futuro do setor. A indústria de jogos de vídeo agora se consolida como um dos negócios mais produtivos e convenientes do mundo.

Com o desenvolvimento da tecnologia o setor elevou ainda mais seus ganhos, foram criados softwares com gráficos de alta resolução, hardware de computadores com múltiplas funções, consoles e dispositivos móveis para proporcionar uma experiência de jogo mais atrativa e realista.


A indústria se expandiu para outros mercados antes inimagináveis, por exemplo, agora você pode apostar a partir de aplicativos de plataformas online como Betway App diretamente do celular com conectividade à internet.

Formaram-se naturalmente muitas comunidades Gamers através de canais e redes sociais para interagir e compartilhar ideias, notícias, opiniões sobre aspectos ligados aos esportes eletrônicos como equipes, jogadores, torneios, resultados e outros conteúdos de interesse. Mais do que desportistas os gamers são celebridades com grande influência entre os fãs.

Milhares de pessoas seguem os torneios mundiais nos mais renomados videogames em eSports como: Call of Duty, Counter Strike, Fortnite, Dota II e muitos outros… A qualidade do treinamento, a intensa disciplina e o profissionalismo presentes no desempenho dos jogadores levam esta atividade a outro nível, por isso se considera como esportes.

Os Gamers treinam e se preparam tanto quanto um atleta olímpico


Para ganhar torneios à escala mundial os gamers devem investir tempo e esforço antes da competição. Os jogadores de videojogos profissionais passam muitas horas em frente do computador ou dos dispositivos móveis, sujeitos ao cansaço físico, às pressões das competições e ao stress mental.


Os gamers profissionais se preparam e treinam para melhorar seus tempos de resposta nas competições virtuais. É importante implementar medidas de proteção contra lesões em certas partes do corpo, como costas, braços, pulsos, e pescoço.

Agilidades estratégicas no jogo


Os desportos eletrônicos atraem milhões de pessoas, mas apenas algumas se tornam figuras profissionais famosas no setor. Os verdadeiros profissionais do campo dedicam horas de treinamento mental para projetar e aplicar estratégias para vencer as equipes rivais. Neste sentido, entra em vigor a frase espanhola “mais vale talento do que força” precede a capacidade de análise e a compreensão do cenário de jogo antes da velocidade de ataque.

Grande comunidade Gamer


A comunidade dos eSports reúne um grande público de aficionados pelos videojogos, pouco a pouco tornou-se uma das maiores a nível global. Foram criados espaços para compartilhar com grandes especialistas no setor, ou para integrar grupos com potencial para os torneios.


Este público gigantesco e dinâmico é uma grande oportunidade de negócio para marcas como Betway que patrocinam eventos globais dos eSports. Outras empresas começam a reconhecer a popularidade dos desportos eletrônicos, reflexão que deve ser aproveitada a nível publicitário, comercial e econômico.

Publicado por Ivanilton Quinto

Empresário viciado em tecnologia, Ivanilton Quinto adora desenvolver e brincar com soluções que tenham o poder de facilitar nossa rotina digital!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 aparelhos eletrônicos que caíram em desuso

5 tecnologias desenvolvidas por mulheres