Passo a Passo Como criar um blog

Alguns fundamentos que você precisa saber antes de começar seu blog

O que você vai aprender neste artigo:

  • O que você precisa para começar um blog?
  • Qual o nome de seu domínio, serviço de hospedagem e gerenciador de conteúdo de seu blog?
  • Qual a melhor plataforma para iniciantes?
  • Por que não devo usar uma plataforma grátis como Blogger?
  • Quanto vou gastar para manter meu blog online?

Oi, se você adiantou essas etapas e já quer colocar seu blog no ar? Então pule para o 2ª parte de nosso guia.

O que eu preciso para começar um blog?

Nós vamos precisar basicamente de três coisas:

1. Escolha a plataforma

A “plataforma” é sistema que possibilita a publicação e gerenciamento do site e de seu conteúdo, isso sem que haja a necessidade de manipular diretamente nenhum tipo de código.

A plataforma tem a função de torna a tarefa de publicar artigos no blog tão simples quanto digitar textos no Word ou em redes sociais como Facebook.

Qual a plataforma mais utilizada pelos blogueiros?

Cerca de 72 milhões de blogs utilizam o WordPress é por várias razões:

  • É a mais fácil para os iniciantes – dispensa completamente o conhecimento sobre HTML ou qualquer outra tecnologia web;
  • Possui milhares de temas grátis que você pode escolher para deixar seu blog com a cara que quiser;
  • O poder está em suas mãos! Incrível quantidade de plugins disponíveis que adicionam todo tipo de funcionalidades ao seu blog, lista de email, integração ou criação de redes sociais, lojas virtuais e muito mais, tudo isso no mesmo site;
  • O WordPress conta com um imensa comunidade de usuários e profissionais, você pode encontrar suporte facilmente na Internet ou estudar sua vasta documentação em busca de ajuda.

Ao longo dos últimos anos eu já experimentei diversas plataformas e mesmo quando o meu objetivo não é exatamente fazer um blog, o WordPress acaba sendo a melhor opção.

pie-chart-blogging-platforms

Porque eu não devo usar uma plataforma grátis como o Blogger?

Acredite, o barato pode sair caro!

Se você não tem a intenção de criar um projeto profissional e não espere que seu site atinja um nível elevado de visitantes e renda, eu até te recomendaria usar blogs grátis, o próprio WordPress possui um serviço que permite  hospedar gratuitamente sites na plataforma wordpress, porém esta versão não permite incluir publicidade nem as funcionalidades e recursos adicionais oferecidos pelos plugins, que são possíveis quando hospedamos nosso próprio blog.

Tenha sempre em mente que qualquer serviço gratuito por melhor que seja, nunca vai lhe dar liberdade e controle total sobre o que você esta produzindo.

A qualquer momento e por qualquer motivo o controlador do serviço pode decidir tirar seu site do ar ou impedir o acesso ao seu conteúdo.

Isso significa que você corre o risco de perder todo seu trabalho por quebrar alguma regra ou por causa de alguma mudança nas políticas de utilização do serviço gratuito.

Isso já aconteceu comigo no começo, e eu tive que começar tudo do zero algumas vezes antes de entender que não vale a pena arriscar para economizar mixarias.

2. Encontrar o nome certo para seu domínio

O domínio é endereço pelo qual seu blog será acessado, por exemplo o nome deste domínio é rotinadigital.net

Como escolher um bom nome para meu domínio?

Escolher um nome ruim é um dos principais erros de quem quer criar um site na Internet. Você deve escolher um nome que seja:

Fácil de lembrar

  • Não escolha nomes que não façam sentido, coisas difíceis de pronunciar, nomes longos ou cheios de hifens (ex. www.como-criar-um-blog-na-internert.com) , esse tipo de nomenclatura espanta os visitantes e também os motores de busca como o Google.

Original é descritivo

  • Escolha algo que tenha a ver com quem você é ou o quê você representa. Quando o nome de seu domínio está de acordo com seu assunto, as pessoas terão maior facilidade de lhe encontrar, esse fator também conta para sua posição nos resultados das pesquisas.

Confiabilidade

Extensões de domínio mais antigas passam maior confiança aos visitantes tipo “.com”, “.com.br” e “.net”, evite terminações incomuns tipo “rocks”, “.biz” ou “.menu”.

Os nomes do domínio são bem baratos as extensões mais comuns variam entre R$10 à R$ 30 por ano, e como você verá a seguir pode até sair de graça.

3. Escolher o serviço de Hospedagem

O serviço de hospedagem vai ser o responsável por manter seu blog online, garantindo assim que as pessoas possam acessar o que você escreve.

Escolher bem onde você vai colocar seu site é sem dúvida nenhuma a escolha mais importante do processo de criação de seu blog.

Acredite em mim, esse foi o meu maior motivo de sofrimento no início de meus dias como blogueiro. Errar neste ponto vai colocar todo seu esforço por água abaixo!

De nada adianta escolher bem seu domínio, criar ótimos textos e divulgar seu trabalho se na hora que as pessoas tentam entrar em seu site, ele estiver fora do ar!

Ao longo dos últimos 4 anos já testei mais de 20 serviços de hospedagem, gratuitos e pagos, e depois de muito prejuízo e dor de cabeça hoje eu uso e recomendo a Hostgator.

Por que a Hostgtor?

Resumindo é o melhor custo x benefício do mercado. Depois que comecei a usar a Hostgator, não tive mais problemas de acesso nem  de velocidade em meus sites, eles tem um excelente suporte (24/7 chat, email e telefone).

blog_uptime-1024x408Outro fator importante para os iniciantes e facilidade cara criar um blog na Hostgator, a tarefa fica pronta em apenas alguns cliques.

Indico a Hostgator simplesmente por que foi a que me deu menos problemas até hoje, sinta se a vontade para fazer sua escolha, recomendo que você leia este artigo onde várias pessoas também dão suas opiniões pessoais nos comentários sobre serviços de hospedagens.

Pronto para Começar a criar o seu blog?

Na próxima lição eu vou mostrar como registrar um domínio entrar no seu provedor de hospedagem e instalar o WordPress.

2ª parte

Compartilhe Também:

Deixe seu comentário