Aplicativo para “conversão de gays” gera polemica contra Apple

A Apple está sendo duramente criticada depois de aprovar um aplicativo para iPhone em sua loja iTunes, que promete a “cura” para a homossexualidade.

A aprovação na App Store gerando uma grande polêmica, a ONG Truth Wins Out, que luta pela proteção dos gays contra atos de violência, acionou a Apple pedindo que o próprio  Steve Jobs,  se manifeste em favor da remoção do aplicativo, já a organização change.org criou uma petição online pedindo que a companhia retire o aplicativo de sua loja, nele, ativistas gays reuniram rapidamente mais de 37 mil assinaturas.

O programa é descrito por seu fornecedor, a Exodus International, como “um canal de acesso a notícias e informações sobre comportamento que se propõe a discutir a “sexualidade não desejada”. Em seu conteúdo, chega a sugerir uma “terapia reparadora” para livrar os homossexuais de seus desejos.

De acordo com a Exodus, não é função da Apple atuar como censora de conteúdo, mas sim fazer uma análise técnica dos aplicativos submetidos em sua loja.

Por outro lado a ONG  Truth Wins Out, argumenta que aplicações preconceituosas não podem ter espaço e que a Apple deveria atuar em favor das comunidades discriminadas.

Atualizado em 24/03/2011:
Depois de muito protesto por parte da comunidade GLS a Apple retirou o aplicativo do ar.

Compartilhe Também:

Este post tem 3 comentários

  1. lá vai a baitolagem querer dar uma de vitimas.

  2. Os gays exageram pra caramba! Querem ter mais direitos que todos os outros cidadãos,negam o direito de outros gays de procurarem outra explicação para a sua situação, e são mais sensíveis do que mulher na TPM.

Deixe o seu comentário:

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: