Qual a diferença entre um cabo HDMI barato e um caro?

Resposta curta: não há diferença. Se você precisa de um cabo HDMI, compre o mais barato, em 99% dos casos (conectar consoles de videogames, home theater , DVD players ou Blu-Ray em televisores HD, etc.) ele será mais que suficiente.

Resposta longa: não só não há diferença, mas a variação de preço, em vez de depender da qualidade da fabricação do cabo, estrá relacionada com a margem de lucro que o fabricante está disposta a ter tirando proveito da falta de conhecimento dos clientes sobre o funcionamento da tecnologia, ou o chamado “imposto sobre a ignorância”.

High-Definition Multimedia Interface (HDMI) é uma interface de transmissão totalmente digital de áudio e vídeo, sem compressão, ela é uma alternativa melhorada aos padrões analógicos, tais como: Rádio Frequência, Cabo coaxial, Vídeo composto, S-Video, SCART, Vídeo componente, Terminal D, e VGA. O HDMI fornece uma interface de comunicação entre qualquer fonte de áudio/vídeo digital – como Blu-ray, leitor de DVD, computador, consoles de videogame, Amplificadores Áudio/Vídeo , set-top box – para qualquer dispositivo de som ou vídeo digital, como monitor de computador e TV digital.

O cabo é responsável apenas pela transmissão de zeros e uns entre dois dispositivos capazes de decodificar dados binários e transformá-los em imagens ou sons. Ou seja, é simplesmente um meio de transmissão de dados.

Na década dos anos 80 e 90 popularizou a prática de fixação de preços bem mais elevados para cabos supostamente especial usados na conexão de alto-falantes a aparelhos de som, videocassetes, DVDs e Tvs, pois os sinais analógicos são mais sensíveis a interferências e por essa razão a qualidade do meio de transmissão pode refletir mais facilmente na qualidade dos dados transmitidos.

Por consequência disso, os vendedores geralmente ofereciam aos clientes cabos mais caros com a justificativa de conseguir melhor qualidade de imagem e som.

Na prática, mesmo com sinais analógicos você dificilmente vai perceber muita disparidade se estiver usando um cabo de R$ 20 ou um de R$ 300 para assistir um filme ou ouvir uma música. Agora considerando um sinal digital que transmite apenas impulsos elétricos 0 e 1 (ligado e desligado), simplesmente não há diferença.

Mesmo que seus conectores sejam de ouro, isso não vai lhe trazer uma melhor qualidade de sinal digital.

Diferenças reais entre cabos HDMI

Os aparelhos com HDMI são fabricados de acordo com diferentes versões da especificação sendo para cada uma delas atribuído um numero tais como 1.0, 1.2, 1.3 e 1.4. Cada nova versão usa o mesmo cabo mas aumenta a largura de bandae/ou capacidades do que é possível transmitir pelo cabo(HDMI). Um produto que esteja listado como tendo uma determinada versão de HDMI não significa que possua todas as características da versão, isto porque algumas das características são opcionais tais como Deep Color[5]e xvYCC[6].

Até HDMI padrão 1,3, existem dois tipos de cabos com base na certificação ao abrigo do qual elas são construídas.

Com o advento do padrão HDMI 1.4 foi necessário criar cabos diferentes para aplicações diferentes. Isto não tem nada a ver com a marca ou o tipo de materiais utilizados para “melhorar a qualidade de áudio ou vídeo”, e sim uma solução para acomodar mais canais de dados com base em certos requisitos para dispositivos específicos.

Em suma, salvo em algumas situações e dispositivos especiais o cabo mais barato vai atender plenamente sua necessidade, fique atento as conversas de vendedores que digam o contrário.

O entenda o “Imposto sobre a ignorância”:

Fontes:
Wikipedia
ryan.com.br
alt1040

Compartilhe Também:

Comentários(25)

Deixe seu comentário