Telefone chinês mata jovem eletrocutado

Compartilhe com um Amigo:

Os produtos chineses são produzidos a imagem e semelhança das marcas famosas a um preço bem mais baixo, isso porque, as semelhanças terminam justamente na aparência, nós já fizemos a pergunta: Você compraria um carro chinês? Os testes revelaram que a qualidade precária dos materiais poderiam por em risco a vida dos ocupantes dos veículos, mas os carros não são o único produto perigoso vindo da china.

Os telefones falsificados (MPtudo) são muitas vezes a escolha de quem pretende sentir o gostinho de ter um celular de última geração a um preço mais acessível, essa era a intenção do jovem indiano Dhanji Damor (25), mas a economia acabou lhe custando a própria vida, Damor foi electrocutado enquanto tentava realizar uma chamada com o aparelho ligado ao carregador.

Apesar da história parecer inédita, em 2010, uma mulher também sofreu uma descarga eléctrica de um telefone Xing Ling e veio a óbito alguns dias depois.

Estes celulares são conhecidos por terem baixos padrões de segurança e diversos problemas nas baterias, porém chegam ao mercado sem passar pela avaliação dos órgãos responsáveis pelo controle de qualidade e segurança de produtos, fica o alerta aos nossos leitores.

Este post tem 7 comentários

  1. Praticamente impossível isso acontecer…
    O carregador tem 5VDC e 1A no máximo de corrente, não mataria nenhuma pessoa, a não ser que esse animal estivesse debaixo do chuveiro, e mesmo assim, tomaria só um choque.
    Há algum link com essa notícia de verdade, que comprove essa balela???

      1. Veja bem, a notícia chega até aqui:
        http://www.ubergizmo.com/2011/06/shanzai-phone-kills-25-year-old-man-in-india/
        Mas na fonte original, não existe mais…
        Procurei pelo jornais da Índia, mas nenhum contém essa história…
        NADA, absolutamente nada prova que isso é verdadeiro, dado os fatos que postei. Assim que você tiver a fonte original dessa notícia, poste algo original, porque por enquanto, isso é uma mentira deslavada.

        1. Rapaz, não me aprofundei na investigação desta matéria pois ela foi me passada por uma fonte confiável, além do que o fato foi noticiado no mundo inteiro, segue mais uma fonte, desta vez um jornal indiano:
          http://articles.timesofindia.indiatimes.com/2011-06-17/telecom/29669176_1_chinese-phone-market-deals-and-restriction-surveillance-of-grey-market
          Se o acontecimento não foi verídico, pelo menos até agora não houve nenhuma errata atestando a suposta fake news.
          Neste outro caso as circunstâncias foram totalmente diferentes, mais é só para citar que é perfeitamente possível óbitos relacionados ao uso de telefones celulares:
          http://www.correio24horas.com.br/noticias/detalhes/detalhes-1/artigo/casal-morre-eletrocutado-ao-tentar-pegar-sinal-de-celular-no-sul-da-bahia/
          Se pesquisar um pouco mais você vai conhecer histórias de celulares que simplesmente explodiram enquanto eram carregados, um americano inclusive foi parar no hospital depois que um telefone da “Motorola” explodiu em sua orelha durante uma ligação. O que você me diz em defesa dos telefones chineses?
          http://www.abcactionnews.com/dpp/news/science_tech/droid-smartphone-explodes-in-man's-ear
          Abs.

          1. Isso não prova nada, Ivanilton.
            E outra: todos os celulares hoje são fabricados na China, já aconteceram casos de explosões de BATERIAS, quando não tinham um controle de qualidade maior.
            Já foi provado por A+B por muitas agências de controle, tanto no Brasil, pelo INMETRO quanto pelo FCC nos EUA, que um celular não é capaz nem de gerar corrente suficiente para acender uma fagulha, que possa causar explosões em bombas de combustíveis, mesmo assim, pedem que o celular não seja utilizado em postos de combustíveis não por esse fato, mas sim porque a interferềncia gerada pelos sinais de microondas podem afetar o funcionamento do marcador de quantidade da bomba.
            Esse mesmo teste foi realizado até por um programa popular nos EUA, chamado MythBusters, que com certeza você conhece. E não chegaram á uma conclusão nesse teste.
            Então, para um celular eletrocutar uma pessoa, seria muito, mas muito difícil, chegando ao impossível, dado ás correntes elétricas baixas do aparelho, mesmo estando carregando.
            Sabe-se que uma corrente de 10mA pode matar um ser humano, e um carregador de celular pode chegar á 1A (1000mA), mas dado á baixa tensão (5VDC, no máximo), e da bateria, que pode chegar á 4.2VDC/2000mA, é praticamente impossível um ser humano ser eletrocutado dessa forma. Alguma coisa a mais aconteceu aí, a pessoa tocou na tomada com as mãos molhadas, o que pode causar isso… mas o celular em si não causaria. Espero que entenda o que estou postando, não duvido de você, mas desse caso como um todo, que algo mais pode ter acontecido e não foi informado.

          2. Entendo amigão, antes de postar alguma coisa eu tomo o cuidado de verificar em pelo menos duas fontes de confiança, só queria deixar claro em respeito aos meus leitores que eu não ando inventando estórias.
            Seus conhecimentos em eletro- eletrônica são naturalmente bem maiores que o meu, não discordo do que você esta expondo, realmente esta historia não é contada com muitos detalhes e algum fator externo pode ter contribuído para a fatalidade do acidente.
            Não posso garantir que o fato seja verídico, apenas que ele ainda não foi oficialmente contestado. Caso isso aconteça a matéria vai ser atualizada com as novas informações.
            Agradeço sua contribuição pela busca da verdade, fique a vontade para criticar construtivamente sempre que quiser, isso é cidadania!
            Um grande abraço.

  2. esta claro que essa noticia foi manipulada

Deixe o seu comentário:

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: