Pesquisadores apresentam smartphone com espessura de uma folha de papel

Um protótipo de smatphone flexível criado por pesquisadores da Queen’s University, em Ontario, Canadá, e da Universidade Estadual do Arizona, nos Estados Unidos está pronto para ser apresentado publicamente no dia 10 de maio, durante a conferência CHI 2011, realizada pela Associação de Mecanismos de Computação de Vancouver..

O Paperphone pode executar as mesmas funções que um telefone comum, como fazer e receber chamadas, enviar mensagens de texto, ouvir música e a leitura de livros digitais, porém, esse aparelho é bem diferente de um smartphone tradicional, possuindo a mesma espessura de uma folha de papel.

Roel Vertagaal que é um dos inventores, explica que o Paperphone não só possui a aparência de uma folha de papel, como transmite com perfeição a mesma sensação tátil do material. A interação é feita através de de toques do usuário, que pode dobrar o aparelho para usá-lo como um telefone e até usar uma caneta para escrever suas mensagens de texto no aparelho.

A invenção faz parte de uma nova geração de computadores leves, finos e flexíveis. Além de extremamente portáteis, eles não consomem energia quando não são manipulados. “Esse é o futuro. Esperamos que a tecnologia chegue à população em cinco anos”.

Roel Vertagaal

Compartilhe Também:

Deixe seu comentário