Traqueia produzida em laboratório abre caminho para transplantes sem doadores

Andemariam Teklesenbet Beyene

Pela primeira vez na história, uma pessoa recebeu o transplante de uma traqueia sintética produzida em laboratório a partir de células tronco do próprio paciente, o órgão é uma réplica perfeita de sua traqueia original.

Essa nova técnica que dispensa a necessidade de doadores pode por fim a angustiante espera de milhões de pessoas que necessitam de transplantes ao redor do mundo.

Cientistas de Londres criaram a réplica usando varreduras 3D da traqueia de Andemariam Teklesenbet Beyene (36) e um material de polímero fabricado a partir de textura macia e anéis flexíveis e rígidos para recriar um órgão como o natural.

A traqueia nova foi coberto e embebida em uma solução de células-tronco da medula óssea do paciente e apenas dois dias depois os tecidos de Andemariam já tinham coberto a réplica, e ela já estava pronta para operação.

A cirurgia foi realizada há um mês em Estocolmo, até o momento o corpo do paciente vem assimilando perfeitamente o novo órgão. Os cientistas esperam conseguir reproduzir mais órgãos artificiais, eles tem esperança que em um futuro próximo seja possível parar de depender apenas das doações para salvar as vidas das pessoas que necessitam de transplantes.

Imagem: reprodução

[via dn.se]
Compartilhe Também:

Deixe seu comentário