Compartilhe com um Amigo:

 Uma empresa americana que trabalha para o Pentágono apresentou um avião-espião que cabe dentro do bolso e que tem a aparência e forma de voar semelhantes aos de um passarinho beija-flor.

O protótipo custou cerca de 4 milhões de dólares e levou cinco anos para ficar pronto, tem uma autonomia de 11 horas de voo e carrega uma câmara capaz de filmar posições inimigas durante conflitos militares. O dispositivo, batizado de Nano Hummingbird (Nano Colibri) voa batendo as asas como se fosse uma pássaro de verdade.

O beija-flor biônico pesa 19 gramas e voar a uma velocidade de até 17 km/h, usando apenas as suas asas como meio de propulsão. A aeronave foi produzida para a Agência de Pesquisa de Projeto Avançados do Departamento de Estado americano.

Deixe o seu comentário:

Fechar Menu