Compartilhe com um Amigo:

A equipe chefiada pelo Professor Li Ning, diretor de biotecnologia do agro laboratório da Universidade Agrícola da China, consegui introduzir com sucesso genes humanos no DNA de 300 vacas, com a finalidade de produzir leite com as mesmas propriedades do leite materno.

As vacas transgênicas produzem leite contendo lisozima, uma proteína que ajuda a proteger os bebês contra infecções durante os primeiros meses de idade, e outras duas proteínas, alfa-lactoalbumina e lactoferrina, que reforçam o número de células do sistema imune em lactentes.

Os pesquisadores acreditam que o leite é uma alternativa viável para a alimentação.

Os cientistas esperam que este tipo de produto possa ser vendido em supermercados dentro de dez anos.

A pesquisa tem causado polêmica e indignação, críticos de modificações genética de alimentos e ativistas de proteção aos animais questionam a segurança do leite produzido pelos animais geneticamente modificados e os efeitos que estas modificações pode provocar na saúde das vacas. Li Ning, por sua vez, diz que o leite é tão seguro quanto o leite das vacas comuns.

[via BBC]

Deixe o seu comentário:

Fechar Menu